Google+ Edital de Concurso Público: Dezembro 2013

Concurso Anatel 2014 - Informações

O MPOG autorizou, através da Portaria 556/2013, publicada no DOU em 30/12/2013, a realização de concurso público na Anatel visando o preenchimento de 100 cargos, descritos no final desta postagem.
São 48 cargos de Especialista em Regulação de Serviços de Telecomunicações; 20 de Analista Administrativo; 12 de Técnico em Regulação de Serviços de Telecomunicações; e 20 de Técnico Administrativo, estes dois últimos de nível intermediário.
Segundo o MPOG, a remuneração inicial para o cargo de Especialista em Regulação é, atualmente, de R$ 10.019; e, para Analista Administrativo, de R$ 8.263. As outras oportunidades, de nível médio, têm remuneração inicial de R$ 4.984 (Técnico em Regulação) e de R$ 4.760 (Técnico Administrativo).
O prazo para publicação do edital de abertura das inscrições no concurso público da Anatel será de até seis meses, contado a partir da data da publicação desta Portaria, ou seja, no máximo até o final de junho de 2014 o edital terá de ser publicado.
A partir de agora serão iniciados os trabalhos para a realização do concurso, com a formação da comissão de concurso e a contratação da banca organizadora.
A banca organizadora ainda não foi definida, mas aposto minhas fichas que será o Cespe/Unb (http://www.cespe.unb.br/concursos/), que organizou todos os certames da Anatel até o momento.
Segue os links para as páginas dos últimos concurso:
Abaixo a Portaria que autorizou a realização do concurso, na íntegra:
"PORTARIA Nº 556, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013
A MINISTRA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso de suas atribuições e tendo em vista a delegação de competência prevista no art. 10 do Decreto nº 6.944, de 21 de agosto de 2009, resolve:
Art. 1º Autorizar a realização de concurso público para o provimento de 100 (cem) cargos pertencentes ao quadro de pessoal efetivo da Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL, conforme discriminado no Anexo a esta Portaria.
Art. 2º O provimento dos cargos no quantitativo previsto no art. 1º dependerá de prévia autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e está condicionado:
I - à existência de vagas na data de nomeação; e
II - à declaração do ordenador de despesa responsável, quando do provimento dos referidos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.
Art. 3º A responsabilidade pela realização do concurso público será do Diretor-Geral da ANATEL, a quem caberá baixar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos, de acordo com o disposto no Decreto nº 6.944, de 21 de agosto de 2009.
Art. 4º O prazo para publicação do edital de abertura do concurso público será de até seis meses, contado a partir da data da publicação desta Portaria.
Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
MIRIAM BELCHIOR
ANEXO
Cargos/Quantidade
Especialista em Regulação de Serviços de Telecomunicações 48
Técnico em Regulação de Serviços de Telecomunicações 12
Analista Administrativo 20
Técnico Administrativo 20
Total 100"

Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



Inscrição concurso ECT - Correios Jovem Aprendiz vai até 19-01-2014

Editora Solução
Os correios alteraram o período de inscrições no concurso para Jovem Aprendiz, com 2529 vagas, que
agora vai de 0 (zero) hora do dia 02/01/2014 às 23:59 horas do dia 19/02/2014.
A alteração foi efetivada através do Edital nº 1.459/2013, retificado pelo Edital nº 1.464/2013, que assim dispõem:
"A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT, por intermédio da Administração Central, com referência ao edital de abertura nº 1.417/2013, publicado no Diário Oficial da União do dia 02/12/2013, Seção 3, Página 149, altera o período de inscrição da 0 (zero) hora do dia 16/12/2013 às 23:59 horas do dia 05/01/2014 para a 0 (zero) hora do dia 02/01/2014 às 23:59 horas do dia 19/01/2014"
As inscrições deverão ser efetuadas no endereço eletrônico http://www.correios.com.br/institucional/concursos/correios/.
O resultado final será divulgado no DOU e no mesmo endereço eletrônico citado anteriormente, em até 30 dias após o encerramento das inscrições.
A convocação dos aprovados do concurso será conduzida de acordo com os termos do edital de abertura.

Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



É proibido concurso público em 2014 - ano de eleição?

É proibido concurso público em 2014,  ano de eleição? Não, isso é um mito. Os concursos públicos podem ocorrer durante todo o ano eleitoral. O que a Lei das Eleições proíbe é a nomeação de servidores aprovados em concursos públicos homologados nos três meses que antecedem o pleito e até a posse dos eleitos, na esfera (municipal, estadual ou federal) em que o certame é realizado, durante esse prazo.
Portanto, a realização de concurso público nunca é proibida, mas as nomeações referentes a concursos homologados a menos de três meses das eleições ficam suspensas até a posse dos eleitos, nos respectivos entes federativos.
Mesmo nas homologações de concursos nos períodos restritivos, há algumas exceções que permitem as nomeações, como as que ocorrem no Poder Judiciário e Ministério Público.
Veja o que dispõe o art. 73 da Lei nº 9.504/1997:
Art. 73. São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais:
...
        V - nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade de pleno direito, ressalvados:
a) a nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança;
b) a nomeação para cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República;
c) a nomeação dos aprovados em concursos públicos homologados até o início daquele prazo;
d) a nomeação ou contratação necessária à instalação ou ao funcionamento inadiável de serviços públicos essenciais, com prévia e expressa autorização do Chefe do Poder Executivo;
e) a transferência ou remoção ex officio de militares, policiais civis e de agentes penitenciários;
..."

Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



Concurso SMS SP Capital 2014 2252 vagas: edital, inscrição, cargos, data da prova...

São 2252 vagas nos dois concurso público de 2014 da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de São Paulo - Capital, sendo que você pode acessar o edital, efetuar a inscrição, assim como todas as divulgações futuras do certame, como a convocação para a prova, gabarito da prova objetiva, resultados, lista de classificação, demanda de candidato por vaga e outras informações no endereço eletrônico http://www.vunesp.com.br ou entrando direto na respectiva página do concurso, links a seguir: 
  Prefeitura de São Paulo - Secr. Mun. da Saúde - Cargos de Nível Superior
- Inscrições de 6/1 a 7/2/2014
No concurso de nível médio / técnico, são 969 para Auxiliar Técnico em Saúde (ATS), nas seguintes áreas: Autópsia (2), Consultório Dentário (148), Eletrocardiografia (3), Eletroencefalografia (3), Enfermagem (800), Gasoterapia (10) e Histologia/ Citologia (3) e 316 vagas para Técnico em Saúde (TS), para Enfermagem (150), Farmácia (63), Higiene Dental (50), Laboratório (50) e Prótese Dentária (3). 
No concurso para vários cargos de nível superior, são 967 vagas assim distribuídas: Cirurgião-Dentista (190+10 PNE), Enfermeiro (384+20 PNE), Farmacêutico (47+3 PNE), Fisioterapeuta (47+3 PNE), Fonoaudiólogo (47+3 PNE), Médico-veterinário (20+2 PNE), Psicólogo (115+6 PNE), Químico (18+2 PNE) e Terapeuta Ocupacional (45+5 PNE).
A prova objetiva do concurso para nível superior tem como data prevista para sua aplicação em 23 de março de 2014, no período da manhã, enquanto que a de auxiliar técnico e Técnico em Saúde está prevista para 30 de março de 2014, também no período da manhã.

Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



Edital Concurso GDF DF Agente de Vigilância Ambiental em Saúde 2014 - Informações

O Governo do Distrito Federal GDF criou, através da Lei 5.237, publicada no Diário Oficial em 17 de dezembro de 2013,  4.550 vagas para área da Saúde,  sendo 1.200 para o cargo de Agente de Vigilância Ambiental em Saúde  e 3.350 para Agente Comunitário de Saúde e em breve será aberto concurso público para o preenchimento dessas vagas.
Ainda não há data certa para publicação do edital de abertura das inscrições, até porque a lei foi sancionada há poucos dias, mas isso deve ocorrer no primeiro semestre de 2014.
Abaixo a citada lei, que pode ser consultada na íntegra, inclusive com a tabela de remuneração, no seguinte endereço, selecionando "Lei" e colocando seu número e ano de publicação: http://www.cl.df.gov.br/leis-distritais
LEI Nº 5.237, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013.
Dispõe sobre a carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde do Quadro de Pessoal do Distrito Federal e dá outras providências.
O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, FAÇO SABER QUE A CÂMARA LEGISLATIVA
DO DISTRITO FEDERAL DECRETA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI:
CAPÍTULO I
DA CARREIRA
Art. 1º Fica criada a carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde do Quadro de Pessoal do Distrito Federal.
Art. 2º A carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde, organizada em classes e padrões, é composta pelos cargos e quantitativos abaixo:
I – agente de vigilância ambiental em saúde: mil e duzentos cargos;
II – agente comunitário de saúde: três mil, trezentos e cinquenta cargos.
Parágrafo único. Aplica-se aos servidores de que trata este artigo o Regime Jurídico dos Servidores
Públicos Civis do Distrito Federal, das Autarquias e das Fundações Públicas Distritais.
CAPÍTULO II
DOS CONCEITOS BÁSICOS
Art. 3º Para efeitos desta Lei, considera-se:
I – carreira: conjunto de cargos distribuídos de acordo com sua responsabilidade e sua complexidade;
II – progressão: passagem do padrão em que se encontra o servidor para os subsequentes, dentro da mesma classe, considerando-se o tempo de serviço no cargo ocupado;
III – promoção funcional: mudança do último padrão da classe em que o servidor se encontra para o primeiro padrão da classe imediatamente superior do mesmo cargo;
IV – classe/padrão: posição do servidor na tabela de escalonamento vertical.
CAPÍTULO III
DO INGRESSO NA CARREIRA
Art. 4º O ingresso nos cargos da carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde dá-se no padrão inicial da terceira classe, mediante concurso público de provas ou provas e títulos, obedecendo-se aos seguintes requisitos de investidura:
I – agente de vigilância ambiental em saúde: apresentar certificado de conclusão do curso de ensino médio expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino;
II – agente comunitário de saúde: apresentar certificado de conclusão do curso de ensino médio expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino e, conforme regras estabelecidas no edital normativo do concurso, residir na região administrativa em que atuará.
Art. 5º O exercício do cargo de agente de vigilância ambiental em saúde dá-se, exclusivamente, no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS, na Vigilância Ambiental à Saúde do Distrito Federal.
Art. 6º O exercício do cargo de Agente Comunitário de Saúde, nos termos desta Lei, dá-se, exclusivamente, no âmbito do SUS, na Atenção Primária à Saúde do Distrito Federal.
CAPÍTULO IV
DA JORNADA DE TRABALHO
Art. 7º A jornada de trabalho dos servidores da carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária
à Saúde é de quarenta horas semanais.
§ 1º Em caso de serviço extraordinário, a Secretaria de Estado de Saúde – SES pode instituir quadro de compensação de horas extraordinárias, na proporção de uma hora trabalhada para duas horas de descanso.
§ 2º A realização de horas extraordinárias depende de autorização do Conselho de Políticas de Recursos Humanos – CPRH/DF.
CAPÍTULO V
DAS ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS
Art. 8º O agente de vigilância ambiental em saúde tem como atribuição o exercício de atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, mediante realização de ações de campo e visitas domiciliares ou comunitárias, atuando nos programas de saúde ambiental relacionados a fatores biológicos e não biológicos e controle de endemias, zoonoses e outras ações que se façam necessárias desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS.
Art. 9º São atribuições gerais do cargo de agente comunitário de saúde, no nível de atuação, o exercício de atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, mediante a realização de ações individuais ou coletivas e visitas domiciliares ou comunitárias desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS, sob coordenação ou supervisão de profissional ocupante de cargo de nível superior.
Art. 10. As atribuições específicas dos cargos de agente de vigilância ambiental em saúde e de agente comunitário de saúde são estabelecidas em ato conjunto do titular da Secretaria de Estado de Administração Pública e da Secretaria de Estado de Saúde.
CAPÍTULO VI
DO DESENVOLVIMENTO NA CARREIRA
Art. 11. O desenvolvimento do servidor nos cargos da carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde dá-se mediante progressão e promoção.
Art. 12. São requisitos essenciais para concessão da progressão:
I – encontrar-se em efetivo exercício;
II – ter cumprido o interstício de doze meses de efetivo exercício no padrão atual.
§ 1º A concessão da progressão da carreira de que trata esta Lei pode ser feita de forma automática.
§ 2º Ocorrendo a automatização prevista no § 1º, tornam-se desnecessárias as publicações relativas à progressão, devendo tal situação constar nos assentamentos funcionais do servidor.
§ 3º Fica garantida a progressão aos servidores em estágio probatório.
Art. 13. Para concessão da promoção funcional, o servidor deve cumprir o interstício de doze meses de efetivo exercício no padrão atual, observado o critério do merecimento, conforme regulamento próprio.
CAPÍTULO VII
DA REMUNERAÇÃO
Art. 14. Os valores dos vencimentos básicos dos cargos da carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde ficam estabelecidos na forma do Anexo I desta Lei, observadas as datas de vigência nele especificadas.
Art. 15. Fica criada a Gratificação de Titulação – GT, concedida aos integrantes da carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde e calculada sobre o vencimento básico correspondente ao padrão em que o servidor esteja posicionado, nos percentuais e condições a seguir:
I – quinze por cento, no caso de o servidor possuir curso de especialização com carga horária mínima de trezentos e sessenta horas;
II – dez por cento por conclusão de curso graduação;
III – oito por cento no caso de o servidor possuir curso de aprimoramento profissional, com carga horária mínima de oitenta horas.
§ 1º Os diplomas ou certificados previstos nos incisos I e II só são considerados quando devidamente reconhecidos pelo Ministério da Educação.
§ 2º A Secretaria de Estado de Saúde deve estabelecer os critérios a serem utilizados para concessão da GT de que trata este artigo.
§ 3º A GT não pode ultrapassar o percentual de trinta por cento do vencimento básico.
§ 4º A GT é concedida no mês subsequente ao do requerimento apresentado pelo servidor.
§ 5º O diploma ou o certificado apresentado para fins de percepção da GT não podem ser utilizados novamente visando à concessão de outra vantagem.
Art. 16. Além do vencimento básico e das vantagens previstas nesta Lei, podem ser concedidas ao servidor da carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde outras parcelas estabelecidas em legislação específica.
Art. 17. Os recursos repassados pelo Ministério da Saúde destinados a custear despesas de pessoal dos servidores integrantes da carreira de que trata esta Lei são utilizados pelo Governo do Distrito Federal na composição remuneratória dessa carreira.
CAPÍTULO VIII
DA REMOÇÃO
Art. 18. A remoção dos servidores da carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde seguem os critérios gerais da Lei Complementar nº 840, de 23 de dezembro de 2011, e os demais atos normativos da SES.
§ 1º No caso do servidor integrante do cargo de agente comunitário de saúde que comprovar alteração de domicílio para região administrativa diversa daquela onde está em exercício, a remoção é condicionada à existência de vaga.
§ 2º Excluem-se do disposto no § 1º as vagas para as quais haja candidato aprovado em concurso público para aquela região administrativa.
CAPÍTULO IX
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 19. Para o exercício do cargo de agente comunitário de saúde, o servidor deve residir na região administrativa em que atua.
Art. 20. Os atuais agentes de vigilância ambiental em saúde e os agentes comunitários de saúde pertencentes à Tabela Especial de Emprego Comunitário do Distrito Federal podem, mediante manifestação expressa, de caráter irretratável e irrevogável, em até noventa dias após a publicação desta Lei, fazer opção para integrar a carreira Vigilância Ambiental e Atenção Comunitária à Saúde, na forma do Anexo II.
§ 1º Nos casos de afastamentos e licenças legais, a opção pode ser feita até o primeiro dia subsequente ao seu término.
§ 2º Somente pode valer-se dos termos deste artigo o agente de vigilância ambiental em saúde e o agente comunitário de saúde que tenha convalidado sua participação em processo seletivo ou concurso público na forma do art. 198, § 4º, da Constituição Federal e do art. 2º, parágrafo único, da Emenda Constitucional nº 51, de 14 de fevereiro de 2006, bem como os que cumpriram os requisitos previstos no art. 37, II, da Constituição Federal.
§ 3º Os agentes de vigilância ambiental em saúde e os agentes comunitários de saúde que não façam opção permanecem na Tabela Especial de Emprego Comunitário do Distrito Federal, submetidos ao regime da Consolidação das Leis do Trabalho e no quadro em extinção.
Art. 21. O valor do auxílio-alimentação e do auxílio-creche dos atuais agentes de vigilância ambiental em saúde e os agentes comunitários de saúde pertencentes à Tabela Especial de Emprego Comunitário do Distrito Federal é o mesmo concedido aos servidores regidos pela Lei Complementar nº 840, de 2011.
§ 1º Os valores superiores àqueles especificados neste artigo passam a ser pagos na forma de parcela de complementação, denominadas PC-ALIM e PC-CREC, respectivamente.
§ 2º As parcelas de complementação de que trata o § 1º são absorvidas por aumentos no valor de que trata o caput.
Art. 22. Aos ocupantes dos cargos da carreira de que trata esta Lei é devida indenização pelo uso de veículo próprio para desempenho de suas funções, de acordo com critérios e formas a serem definidos pelo Conselho de Políticas de Recursos Humanos – CPRH.
§ 1º Enquanto não são definidos critérios de concessão da indenização fica mantido o pagamento na forma da metodologia de cálculo atual.
§ 2º No prazo de sessenta dias a contar publicação desta Lei, o CPRH estabelecerá os critérios a serem utilizados para concessão da indenização de que trata este artigo.
Art. 23. Nenhuma redução de remuneração pode resultar da aplicação desta Lei, sendo assegurada, na forma de Vantagem Pessoal Nominalmente Identificada – VPNI, a parcela correspondente à diferença eventualmente obtida, a qual é atualizada exclusivamente pelos índices gerais de reajuste dos servidores públicos distritais.
Art. 24. As despesas decorrentes da aplicação desta Lei correm à conta das dotações orçamentárias
do Distrito Federal.
Art. 25. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, observadas as vigências que especifica.
Art. 26. Ficam revogadas as disposições em contrário, em especial:
I – a Lei nº 3.716, de 9 de dezembro de 2005;
II – a Lei nº 3.870, de 16 de junho de 2006;
III – a Lei nº 4.017, de 21 de setembro de 2007;
IV – a Lei nº 4.039, de 31 de outubro de 2007;
V – o art. 2º da Lei nº 4.203, de 5 de setembro de 2008;
VI – os arts. 4º, 5º e 8º da Lei nº 4.440, de 15 de dezembro de 2009.
Brasília, 16 de dezembro de 2013.
126º da República e 54º de Brasília
AGNELO QUEIROZ

Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



Edital Concurso Alep PR em 2014 - Informações

A Assembleia Legislativa do Estado do Paraná - Alep - PR finalmente deve abrir um concurso, em 2014, para o preenchimento de vagas em seu quadro de pessoal, o que não ocorria desde 1999, quando foi realizado concurso para o cargo de Taquígrafo.
E o primeiro procedimento para concretizar a realização do certame foi efetuada, com a publicação no Diário Oficial do Estado do Paraná, no dia 18 de dezembro de 2013, do ato da Comissão Executiva nº 2.088/2013, que determina a composição da Comissão Especial de Concurso Público.
Ainda não há informações sobre a data exata de divulgação do edital, cargos e vagas que serão disputados no concurso e outras informações importantes.
Veja a notícia publicada no site da Alep - PR sobre o concurso:
"Comissão Executiva designa Comissão Especial para concurso público da Assembleia
Após 14 anos, a Assembleia Legislativa inicia formalmente o procedimento interno para a realização de concurso público para seleção de novos servidores efetivos. O ato da Comissão Executiva nº 2088/2013, publicado em Diário Oficial nesta quarta-feira (18), designou a composição da Comissão Especial de Concurso Público, formada por três servidores de carreira, cujo objetivo será planejar, organizar e coordenar o certame, bem como fazer o devido acompanhamento da elaboração do edital, até o processo administrativo de contratação e de fiscalização da instituição que fará o concurso.
Assim, o Poder Legislativo, por meio da Comissão Executiva, cumpre mais uma etapa no processo de moralização e de profundas mudanças na Casa. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), já havia sinalizado que esta seria uma das importantes transformações administrativas. Como reflexo, além de reestruturação do quadro de pessoal, com a contratação de novos funcionários efetivos, diversos cargos em comissão deverão ser extintos.
“Uma das nossas metas nesta administração era a realização do concurso público. Mas para isso precisávamos reorganizar internamente a Casa, fazer o mapeamento da situação funcional da Assembleia. Assim, concluída esta etapa, agora já iniciamos o procedimento para o concurso público. A Assembleia do Paraná dá mais uma vez demonstrações de avanços, de transparência e de compromisso público”, afirmou Rossoni.
O último concurso promovido pela Assembleia foi em junho de 1999, para a função de taquígrafo. Cinco vagas foram abertas e posteriormente preenchidas. Desde então, nenhum procedimento foi feito para a reposição do quadro funcional. Agora, com a instalação da Comissão Especial, o Legislativo inicia os trâmites necessários para a seleção de novos servidores."


Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



Qual o salário de Escriturário do BB em 2013/2014?

Qual o salário de Escriturário do BB em 2013/2014? De acordo com o edital do concurso, publicado em dezembro de 2013, o salário ou remuneração inicial desse cargo é R$ 2.043,36 (dois mil quarenta e três reais e trinta e seis centavos).
Além do salário acima, o Banco do Brasil oferece a possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente; vale-transporte; auxílio-creche; ajuda alimentação/refeição; auxílio a filho com deficiência; plano odontológico; assistência médica (planos de saúde); e previdência privada.
A jorna de trabalho semanal de Escriturário, como dos bancários em geral, é de 30 horas.
A inscrição no concurso atual deverá ser efetuada no período de 12/12/2013 a 07/01/2014, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).


Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



Edital do Concurso TJ-SC em 2014


Ver Apostila
Saiu o edital do concurso do TJ-SC para Analista Administrativo, Analista de Sistemas, Assistente Social, Médico, Odontólogo, Psicólogo e Técnico Judiciário Auxiliar. Inscrições estarão abertas de 22 de dezembro de 2014 a 19 de Janeiro de 2015, na página http://www.cesgranrio.org.br.

***************************************************

Depois de dois anos seguidos sem organizar concursos públicos para servidores das carreiras administrativas no Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC, agora é dado como certo que em 2014 serão publicados editais para vários cargos de nível médio e superior, já que vários certames já expiraram seus prazos de validade e há carência de servidores no quadro de pessoal, em decorrência de aposentadorias, exonerações e outras formas de vacância.
Em 2013 já era para ter ocorrido a abertura de concursos, o que só não ocorreu, segundo apurei, por uma série de problemas ocorridos nos concursos para Notoriais e Analista Jurídico, inclusive com diversas ações judiciais, que tomaram todo o tempo da comissão de concursos do TJ-SC, que organiza seus próprios concursos e possui bastante credibilidade.
Assim que publicados, os editais serão disponibilizados no final desta postagem, na qual reproduzimos a página de concursos do TJSC.
Abaixo links para as páginas com arquivos de todos os últimos concusos públicos organizados pelo TJ/SC:
Clique no botão direito do mouse e abra em outra aba/guia



Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



Edital Concurso RioPrevidência RJ 2014 - Informações

O Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro - RioPrevidência - RJ fará concurso público em 2014 visando o preenchimento de150 vagas para Assistente Previdenciário, de nível / ensino médio, e Especialista Previdenciário, de nível superior.
A publicação do edital do concurso da RioPrevidência está prevista o primeiro semestre de 2014, provavelmente já em janeiro ou fevereiro.
Os editais, provas, gabaritos e outras informações sobre o último concurso da RioPreviência, realizado em 2012, poderão ser acessados no endereço eletrônico http://concurso.ceperj.rj.gov.br/concursos/rioprev_2012/pagina_rioprev.asp ou clicando nos links correspondentes abaixo, alertando que os arquivos estão no formato pdf e é necessário ter instalado o programa Adobe.
Governo do Estado do Rio de Janeiro
Fundo Único de Previdência Social do Estado do RJ
RioPrevidência
 
Resultado Preliminar
Formulários de Recurso
Gabaritos


Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



Concurso Escriturário BB 2014 - Apostila da Solução Disponível

A Editora Solução, a mais tradicional em atividade, com 30 anos de experiência no mercado de materiais para concursos públicos, lançou apostila e cursos para o concurso 2013 / 2014 do Banco do Brasil - cargo de Escriturário, de nível médio, que já está disponível para comercialização na loja on-line da Editora.
Ver Apostilas
Há inclusive um pacote completo de estudos para esse concurso, chamado de combo promocional, capa ao lado. Veja o conteúdo combo promocional:
- Apostila Banco do Brasil 2013 - Escriturário (488 Páginas)
- Curso Online Banco do Brasil 2013: Conhecimentos Bancários e Atualidades do Mercado Financeiro (15 Horas)
- Apostila de Lingua Portuguesa, para Concurso Público (286 Páginas)
- Apostila de Raciocínio Lógico para Concurso Público
- Livro com Exercícios
A inscrição nesse concurso do BB deverá ser efetuada, no período de 12/12/2013 a 07/01/2014, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).
REMUNERAÇÃO INICIAL: R$ 2.043,36 (dois mil quarenta e três reais e trinta e seis centavos).
REQUISITOS BÁSICOS: certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, e idade mínima de 18 anos completos até a data da contratação.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: comercialização de produtos e serviços do Banco, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários; redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados; execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo, compatíveis com as peculiaridades do BANCO DO BRASIL S.A.

Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos:



Concurso EBSERH / HUOL / MEJC / HUAB / UFRN - RN 2013 - 2014 - Edital - Apostilas - Inscrição ...

Apostilas Editora Opção

As inscrições no concurso público da EBSERH / HUOL / MEJC / HUAB  / UFRN - RN  para Assistente Administrativo, Técnico em Enfermagem e dezenas de outros cargos deverão ser feitas feitas exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico www.iades.com.br, no período entre 8 (oito) horas do dia 18 de dezembro de 2013 e 22 (vinte e duas) horas do dia 19 de janeiro de 2014.

No mesmo endereço poderão ser consultados os editais do certame, que também poderão ser acessados através dos links abaixo:

Concurso Público 5/2013 - Ebserh/HUAB-UFRN

EDITAIS
Abertura
Extrato de abertura

Área Médica
Preenchimento de 141 vagas de nível superior em 25 especialidades médicas com lotação no Hospital Universitário Maternidade Ana Bezerra da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - HUAB/UFRN

Área Assistencial

Preenchimento de 299 vagas de nível superior e médio e formação de cadastro reserva em em empregos na Área Assistencial com lotação no Hospital Universitário Maternidade Ana Bezerra da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - HUAB/UFRN

Área Administrativa

Preenchimento de 52 vagas de nível superior e médio e formação de cadastro reserva em em empregos na Área Assistencial com lotação no Hospital Universitário Maternidade Ana Bezerra da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - HUAB/UFRN

Concurso Público 6/2013 - Ebserh/Huol-UFRN

EDITAIS
Abertura
Extrato de abertura


Área Médica

Preenchimento de 190 vagas de nível superior em 56 especialidades médicas com lotação no Hospital Universitário Onofre Lopes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - HUOL/UFRN

Área Assistencial
Preenchimento de 796 vagas de nível superior e médio e formação de cadastro reserva em em empregos na Área Assistencial com lotação no Hospital Universitário Onofre Lopes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - HUOL/UFRN

Área Administrativa
Preenchimento de 118 vagas de nível superior e médio e formação de cadastro reserva em em empregos na Área Assistencial com lotação no Hospital Universitário Onofre Lopes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - HUOL/UFRN


Concurso Público 7/2013 - Ebserh/MEJC-UFRN

EDITAIS
Abertura
Extrato de abertura


Área Médica

Preenchimento de 93 vagas de nível superior em 17 especialidades médicas com lotação no Hospital Universitário Maternidade Escola Januário Cicco da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - MEJC/UFRN

Área Assistencial
Preenchimento de 238 vagas de nível superior e médio e formação de cadastro reserva em em empregos na Área Assistencial com lotação no Hospital Universitário Maternidade Escola Januário Cicco da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - MEJC/UFRN

Área Administrativa
Preenchimento de 44 vagas de nível superior e médio e formação de cadastro reserva em em empregos na Área Assistencial com lotação no Hospital Universitário Maternidade Escola Januário Cicco da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - MEJC/UFRN


Preencha seu e-mail e receba informações sobre concursos: